Se você ainda não ouviu falar sobre a série “13 Reasons Why”, do Netflix, aí vai um breve resumo antes do nosso post: a série conta a história de uma adolescente que antes de cometer suicídio, gravou treze fitas cassete com cada um com um dos motivos que a levaram à decisão de se matar. Além de gravar e narrar os fatos, ela fez questão de garantir que cada um dos 13 adolescentes envolvidos recebesse e ouvisse as fitas depois de sua morte. 

Apesar de todas as discussões e indicações de especialistas para que a série não seja assistida, o assunto não para de ser foco das conversas entre pais, escolas e adolescentes.

Tentar proibir que os filhos assistam só vai aumentar ainda mais a curiosidade e a sensação de que pais e escola não entendem o que se passa na vida dos adolescentes. E lá se vai uma grande oportunidade de entender o porquê seu filho ou aluno se identificou tanto com o enredo desta série que está dando o que falar por aí.

Nossa dica para os pais é que assistam à série. Se vão assistir junto com o filho depende muito da relação que já existe dentro de casa. Caso assistir filmes juntos não seja uma prática comum, de nada adianta forçar a situação. A vantagem de assistir junto com o filho é conversar sobre cada episódio logo após terem assistido. A conversa franca, porém, requer um nível de intimidade que precisa ter sido criado antes, em outras situações do cotidiano da família.

Se o seu filho é mais reservado e assistir filmes e séries juntos não faz parte da rotina da família, o melhor é que os pais assistam sem os filhos e depois conversem sobre o assunto com eles.

Assistindo junto dos filhos ou sem eles, a principal dica é não julgue. Apenas assista sempre lembrando que a série atraiu a atenção de tantos adolescentes ao redor do mundo por algum motivo. 

Como pai e adulto, sua tendência vai certamente ser a decepção. Olhando com a experiência e conhecimento de vida de um adulto, dificilmente você vai encontrar justificativas para a decisão de suicídio tomada pela personagem central da trama. 

Lembre-se de que sua razão para assistir à série tentar entender que tipo de assunto atrai seu filho, porque a série gerou tanto burburinho entre adolescentes e, mais que tudo, como seu filho vê a história. Tentar saber o que está errado e o que está certo na visão dele é fundamental. Mais que isso, descobrir com que personagens seu filho mais se identifica, aí sim, um trunfo que não tem dinheiro que pague. 

Confira aqui:

13 dicas para manter filhos imunes aos “13 Porquês” e à “Baleia Azul” 

Sobre a série “13 Reasons Why”

Posts Relacionados:

3 ideias sobre “Sobre a série “13 Reasons Why”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.